Notícias

Primeira fase da maior usina solar no mundo inicia suas operações

Por Gizmodo

Publicado em 10 de fevereiro de 2016
Controlar tamanho de fontes:



Este mês, o Marrocos ligou a primeira parte da nova usina de energia solar em Ouarzazate. A nova instalação já está gerando 160 megawatts de energia e deve cobrir mais de 24 km² até 2018, tornando-se a maior usina desse tipo no mundo.

A primeira parte da usina, situada no Saara, é conhecida como Noor 1. Seus espelhos solares em forma de lua crescente seguem o sol para aproveitar ao máximo a luz.

Os espelhos têm 12 m de altura cada e focam a luz em um oleoduto de aço, que carrega uma solução de óleo térmico sintético. Esta substância pode chegar a 390°C. Ela serve para gerar eletricidade: o calor é usado para formar vapor e mover turbinas. O óleo quente pode ser estocado para criar energia durante a noite também.

Com o tempo, a Noor 1 terá companhia da Noor 2 e 3, que devem ser terminadas até 2018. Quando estas seções forem finalizadas, a usina inteira cobrirá uma área de mais de 24 km², o que é mais que Rabat, a capital do país. Com os espelhos extras colocados, a usina irá gerar 580 megawatts de eletricidade — energia suficiente para 1,1 milhão de pessoas. (Atualmente, a maior usina de energia solar do mundo gera 550 megawatts).

 



Inicialmente, a ideia não era bem essa. O plano era levar a energia gerada para a Europa, mas vários parceiros desistiram do empreendimento. Intervenções feitas pelo Banco Africano de Desenvolvimento e pelo governo marroquino salvaram o projeto, entretanto, e agora a ideia é usá-lo para atender as demandas de energia do próprio país.

Fotos por AP e NASA

 

Patrocinados

Comente no Facebook

Comente no IE
0 Coment�rios

obrigatório

obrigatório

Clique na imagem para alterar


Conheça a estrutura do Instituto e o que ele pode oferecer para você